English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado Nº 1.176: "Autonomia no estudo: Artefato para planejamento e monitoramento em ambientes pessoais de aprendizagem móveis”

O aluno Thiago de Sousa Araujo vai defender seu trabalho no dia 15 de agosto, às 10, no auditório do CIn Início: 15/08/2012 às 10:00 Término: 15/08/2012 às 12:00 Local: Auditório do CIn

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado  Nº 1.176
 
Aluno: Thiago de Sousa Araujo
Orientador:  Prof. Alex Sandro Gomes
Título: “ Autonomia no estudo: Artefato para planejamento e monitoramento em ambientes pessoais de aprendizagem móveis”
Data: 15/08/2012
Hora/Local: 10h – Auditório
Banca Examinadora:
Prof. Fernando da Fonseca de Souza  ( CIn / UFPE)
Prof. Marcelo Brito Carneiro Leão  ( Departamento de Química / UFRPE)
Prof. Alex Sandro Gomes  ( CIn / UFPE)
 
RESUMO:
 
O desenvolvimento da computação móvel vem caminhando em paralelo à EaD como uma oportunidade de proporcionar a extensão do aprendizado que acontece no ambiente de ensino. As tecnologias de computação móvel encontram-se atualmente em franca evolução, e parecem destinadas a se transformarem no novo paradigma dominante da computação. Paralelamente, existe a crescente necessidade de que alunos se conscientizem sobre a autorregulação de sua aprendizagem, ou seja, eles precisam ser estimulados a planejar suas tarefas e a monitorar a execução ao longo do tempo. Segundo especialistas, essas habilidades são uma das competências do século XXI que devem ser adquiridas pelos aprendizes. Para ajudar nesse processo, foi desenvolvido, no presente trabalho, um Ambiente Pessoal de Aprendizagem(do inglês, Personal Learning Environment), que caracteriza-se por ter foco no aprendiz, auxiliando-o através de ferramentas de autoplanejamento e automonitoramento.  Este artefato foi desenvolvido para plataforma Android e integrado ao Projeto Amadeus e está disponível no Google Play. Para a criação desse artefato foi utilizada a literatura de Interação Humano-Computador, e o método foi composto das seguintes etapas: (1) Elicitação de Requisitos, (2) Análise dos Competidores, (3) Prototipagem de baixa e alta fidelidade, (4) Avaliação Heurística por Especialistas e (5) Análise da Tarefa. O método considerou ainda três aspectos chaves do processo: foco no usuário, definição de metas de usabilidade e prototipagem evolutiva. Na primeira etapa, foi realizada uma revisão da literatura buscando compreender as características e o contexto na qual a aplicação está inserida, gerando como resultado alguns requisitos para a aplicação. Na segunda, o objetivo foi buscar funcionalidades básicas e indispensáveis já existentes em aplicações semelhantes à que foi desenvolvida. Na terceira, foi desenvolvido um protótipo de baixa fidelidade que serviu como base para criação do protótipo funcional da aplicação. Em seguida, esse protótipo funcional passou pela análise de especialistas objetivando identificar os problemas de usabilidade. Por último, a aplicação foi avaliada pelos usuários através da análise de tarefa, onde foram planejadas algumas tarefas para o usuário executar na aplicação. Neste trabalho podem-se destacar duas grandes contribuições, a especificação de um conjunto de casos de uso necessários para criação de um Ambiente Pessoal de Aprendizagem e a criação da primeira versão do software para smartphones integrado ao Amadeus.
 
Palavras-chave: m-learning, autorregulação da aprendizagem, aprendizagem auto-dirigida, amadeus, android. 
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web