English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 303 "Hacking Sales: ferramentas e estratégias digitais para acelerar as vendas das startups brasileiras"

O aluno Nelson Barros Cavalcante Junior vai defender seu trabalho no dia 4 de janeiro, às 14h, no Auditório do CIn-UFPE. Início: 04/01/2018 às 14:00 Término: 04/01/2018 às 16:00 Local: Auditório do CIn

Pós-Graduação em Ciência da Computação    CIn / UFPE

Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 303

 

Aluno : Nelson Barros Cavalcante Junior

Orientador : José Gilson de Almeida Teixeira Filho 

Título : Hacking Sales: ferramentas e estratégias digitais para acelerar as vendas das startups brasileiras


Data : 04/01/2018
Horário: 14:00
Local: Auditório


Banca :

1º Examinador: Cristiano Coêlho de Araújo (CIn/UFPE)

2º Examinador: José Roberto Ferreira Guerra (CCSA/UFPE)

3º Examinador: José Gilson de Almeida Teixeira Filho  (CCSA/UFPE)

 

Resumo

Com os grandes avanços da tecnologia nos últimos anos, principalmente com a popularização da internet, as vendas passaram por grandes transformações. E, por essa razão, têm surgido estratégias e ferramentas digitais para aceleração das vendas, especificamente em startups que buscam um crescimento acelerado com baixo custo. Desse modo, o termo Hacking Sales tem se popularizado como uma estratégia de crescimento de vendas por meio de tecnologias. Nesse viés, este trabalho apresenta um estudo do termo Hacking Sales, por meio da pesquisa qualitativa e quantitativa, e análise de conteúdo nas literaturas disponíveis, assim como por questionário aplicado a profissionais da área de vendas com conhecimento acerca do termo. Desenvolveu-se além disso uma segunda etapa de pesquisa, com objetivo de, mediante um segundo questionário, perceber o conhecimento, a adesão e o impacto das técnicas e ferramentas Hacking Sales pelas startups brasileiras. Por fim, os resultados encontrados na primeira etapa apresentam a definição do termo, bem como as técnicas mais citadas no estudo, e criam um quadro com as ferramentas Hacking Sales pesquisadas. Ademais, na segunda etapa, com análise do segundo questionário, foi possível perceber que, mesmo sendo uma estratégia recente, 72,2% das startups pesquisadas conhecem e/ou usam as táticas e ferramentas Hacking Sales, além de listar-se as táticas e ferramentas mais utilizadas pelas mesmas. Ao final, observou-se, pelas respostas das startups, um crescimento médio das vendas/serviços de 43% após a utilização da estratégia.

 

Palavras-chave: Hacking Sales, Growth Hacking, Tecnologia, Vendas, Marketing.

  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web