English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado - Nº 1.180 : " Segmentação de Dígitos Manuscritos Conectados Utilizando Mapas Auto-Organizáveis"

O aluno Everton Barbosa Lacerda irá defender seu trabalho no dia 20 de agosto, às 9h, na Sala D004 Início: 20/08/2012 às 09:00 Término: 20/08/2012 às 11:00 Local: Sala D004

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado  Nº 1.180
 
Aluno: Everton Barbosa Lacerda
Orientador: Prof.  Carlos Alexandre Barros de Mello
Título: Segmentação de Dígitos Manuscritos Conectados Utilizando Mapas Auto-Organizáveis
Data: 20/08/2012
Hora/Local: 9:00h – Sala D004  (Boco D – Térreo)
Banca Examinadora:
Prof. George Darmiton da Cunha Cavalcanti(UFPE / CIn)
Prof. Luiz Eduardo Soares Oliveira (UFPR / Departamento de Informática)
Prof. Carlos Alexandre Barros de Mello(UFPE / CIn)
 
RESUMO:
 
A necessidade dos seres humanos em se comunicar deu origem a vários desenvolvimentos na linguagem. A linguagem escrita foi uma evolução tecnológica que, de forma prática, permitiu o registro e disseminação de informações de forma duradoura e ampla. Com o desenvolvimento da civilização, também se aperfeiçoaram os meios em que se escreve, culminando no papel, o qual ainda é o meio mais utilizado para esse fim. A evolução tecnológica recente, com a crescente utilização de computadores, dispositivos digitalizadores, além de tablets e smartphones, torna cada vez mais necessária a integração entre esses meios. Assim, a transposição de documentos para o meio digital se constitui em uma atividade de grande relevância. Nesse contexto, as ferramentas de Reconhecimento Óptico de Caracteres (OCR) visam a processar as imagens de documentos para obter sua representação em texto editável. Uma etapa crucial para os sistemas de OCR é a segmentação de caracteres, principalmente quando estes são manuscritos, dadas as grandes variações na escrita das pessoas. A presença de caracteres conectados é um dos maiores desafios ao reconhecimento de caracteres, dado que é preciso isolá-los para fazer a classificação, além do que é uma situação bastante comum em manuscritos cursivos. O trabalho sobre dígitos manuscritos é comum e muito importante no processamento automático de cheques bancários, códigos postais e documentos históricos, por exemplo. Esta dissertação apresenta um novo algoritmo de segmentação de dígitos manuscritos conectados. O método proposto se baseia na marcação de pontos característicos sobre o esqueleto da imagem; e do mapeamento da região de toque por meio de um Mapa Auto-Organizável. A partir disso, definem-se os pontos de segmentação e a imagem é segmentada. Realizaram-se os experimentos sobre uma base sintética de pares de dígitos conectados, especificamente desenvolvida para avaliar algoritmos de segmentação. Os resultados mostram que o algoritmo proposto superou a técnica base em todos os tipos de conexão entre dígitos observados. Destaca-se a habilidade do novo algoritmo em tratar casos de conexão múltipla entre os dígitos, visto que ele pode detectar cada região de toque, diferentemente dos algoritmos existentes na literatura os quais não consideram se o toque entre os dígitos é simples ou múltiplo. Também se frisam os experimentos realizados acerca do reconhecimento de dígitos, os quais indicam que etapas de processamento sobre os dígitos podem influenciar bastante no reconhecimento dos mesmos.
 
Palavras-chave: Processamento de Imagens, Processamento de Documentos, Segmentação, Dígitos Conectados, Mapas Auto-Organizáveis.
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web