English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado Nº 1.757: "Teste de Gestos: Uma Análise da Rotação Retrato e Paisagem"

O aluno Augusto César Ribeiro da Silva irá defender o seu trabalho no dia 02 de março, às 14h, no Auditório Início: 02/02/2019 às 14:00 Local: Auditório do CIn

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Nº 1.757

Aluno: Augusto César Ribeiro da Silva
Orientador: Prof. Juliano Manabu Iyoda
Título: Teste de Gestos: Uma Análise da Rotação Retrato e Paisagem
Data: 02/03/2018
Hora/Local: 14h Centro de Informática – Auditório
Banca Examinadora:
Prof. Alexandre Cabral Mota (UFPE / Centro de Informática)
Prof. Wilkerson de Lucena Andrade (UFCG / Departamento de Sistemas e Computação)
Prof. Juliano Manabu Iyoda (UFPE / Centro de Informática)

Resumo:

Durante os últimos anos, o mundo tem observado um crescimento extraordinário no campo das tecnologias móveis. E isso fica cada vez mais evidente à medida que utilizamos esses dispositivos para as mais variadas atividades de nosso cotidiano. Paralelo a esse crescimento de penetração dos dispositivos móveis, os recursos desses aparelhos vêm avançando constantemente em termos de capacidade tecnológica e proporcionando interfaces cada vez mais elaboradas. Atualmente, essas interfaces vão muito além da interface gráfica. Novas formas de interação, como interfaces que se baseiam em gestos, é um exemplo que introduz um desafio interessante para a Engenharia de Software. Este trabalho se propõe a analisar o teste de interfaces baseadas em gestos em relação à rotação Retrato e Paisagem do dispositivo para mudança de orientação da apresentação de telas. Testamos interfaces que se baseiam em gestos e utilizamos a técnica de particionamento em classe de equivalência para diminuirmos os casos de teste e chegarmos a um número viável de casos de teste. Também propomos um modelo de teste baseado em cobertura de máquina de estados para simular um testador aleatório. Definimos alguns conceitos de cobertura, baseados nas técnicas de particionamento em classe de equivalência e de máquinas de estados, analisamos o nível de cobertura alcançado nas simulações e chegamos à conclusão que testes de gesto, mesmo em gestos aparentemente simples como rotação de Retrato e Paisagem, devem seguir um planejamento prévio e uso de modelos e técnicas de geração de teste para se tornar economicamente viável. Nossa simulação mostra que, aleatoriamente, não é possível chegar a uma cobertura satisfatória.

Palavras-chave: Teste de software, dispositivos móveis, interface do usuário, teste de gestos, Retrato e Paisagem.
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web