English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado - Nº 1.195: "Acessibilidade para Surdos em Ambientes de Mobile Learning: Recomendações para Interfaces"

A aluna Elaine Cristina Juvino de Araújo irá defender seu trabalho nod ai 24 de agosto, às 10h, na Sala D001 Início: 24/08/2012 às 10:00 Término: 24/08/2012 às 12:00 Local: Sala D001

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Nº  1.195

Aluno:  Elaine Cristina Juvino de Araújo
Orientador:  Prof. Fernando da Fonseca de Souza
Título: Acessibilidade para Surdos em Ambientes de Mobile Learning: Recomendações para Interfaces
Data: 24/8/2012
Hora/Local: 10h – Sala D001 - Bloco D - Térreo
Banca Examinadora:
Prof. Alex Sandro Gomes (UFPE / CIn)
Prof. Lafayette Batista Melo (IFPB / Unidade Acadêmica de Informática)
Prof. Fernando Fonseca de Souza (UFPE / CIn)

RESUMO:

Esta dissertação de mestrado se propõe a apresentar um conjunto de recomendações de acessibilidade específicas para a construção de aplicativos de aprendizagem móvel com acessibilidade para surdos. Como principal motivação para esse trabalho destaca-se a inexistência de recomendações específicas para esse público alvo levando-se em consideração sua identidade cultural quanto ao uso de língua de sinais dentro do contexto da aprendizagem móvel. Estas recomendações foram criadas a partir de duas fontes: primeiramente estudos feitos em recomendações de acessibilidade geral, como as WCAG do W3C e as recomendações do Governo Eletrônico Brasileiro (e-MAG), de onde foram extraídos os itens que contemplavam acessibilidade para surdos e, posteriormente a partir da pesquisa efetuada entre alunos surdos de cursos de Letras – LIBRAS. A pesquisa com alunos surdos foi feita através do uso do Método de Explicitação do Discurso Subjacente (MEDS) (Nicolaci-da-Costa,2004) . A escolha desse método se deu pela atenção que este dispensa para o que as pessoas não conseguem expressar com as palavras. As recomendações geradas foram aplicadas em um aplicativo de aprendizagem móvel pré-existente, criando-se um protótipo dessa reformulação. A partir dos estudos realizados e análise dos resultados da pesquisa com usuários pôde-se visualizar a carência de recomendações de acessibilidade específicas para alunos surdos em ambientes de aprendizagem móvel, o que mostra a relevância deste trabalho. Ele se propõe a ser mais uma iniciativa na promoção da inclusão das pessoas surdas no processo educativo de forma efetiva, reconhecendo suas diferenças e não deficiências. Como contribuições deste trabalho destacam-se: (i) Comprovar a importância da utilização das línguas de sinais para o aproveitamento e aprendizagem de alunos surdos; (ii) Fornecer os requisitos mínimos a serem contemplados quando no desenvolvimento de aplicativos de aprendizagem móvel acessíveis para surdos; e (ii) Oferecer a desenvolvedores de interfaces uma referência para seguir na criação desses programas.

Palavras-chave: educação a distância, dispositivos móveis, LIBRAS
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web