English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado - Nº 1.206: "Benefícios e Limitações das Metodologias Ágeis no Desenvolvimento de Software"

O aluno FERNANDO KENJI KAMEI irá defender seu trabalho no dia 29 de agosto, 15h, no Auditório do CIn Início: 29/08/2012 às 15:00 Término: 29/08/2012 às 17:00 Local: Auditório do CIn

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Nº 1.206
 
Aluno: FERNANDO KENJI KAMEI
Orientador: Prof. ALEXANDRE MARCOS LINS DE VASCONCELOS
Co-orientador: Prof. FABIO QUEDA BUENO DA SILVA
Título: Benefícios e Limitações das Metodologias Ágeis no Desenvolvimento de Software
Data: 29/08/2012
Hora/Local: 15h - Auditório
Banca Examinadora:
Prof. Sergio Castelo Branco Soares  (UFPE / CIn)
Prof. Cristine Martins Gomes de Gusmão (UFPE /  Departamento de Cirurgia)
Prof. Alexandre Marcos Lins de Vasconcelos (UFPE / CIn)
 
RESUMO:
 
Contexto – As Metodologias Ágeis estão sendo cada vez mais adotadas nos projetos em busca de melhores soluções para o desenvolvimento de software, visando à melhoria na qualidade do mesmo e o aumento da satisfação do cliente.
Problema – Estudos afirmam que rigorosas pesquisas empíricas sobre a efetividade dessas metodologias ainda são escassas, e que pouco ainda se sabe como estas vem sendo conduzidas na prática, e quais são os seus efeitos.
Objetivo – Identificar os benefícios e as limitações das Metodologias Ágeis existentes na literatura, e em um conjunto de empresas de desenvolvimento de software do Porto Digital do Estado de Pernambuco, objetivando um estudo comparativo não generalizado.
Método – Dois métodos foram utilizados para conduzir a pesquisa: (1) uma Revisão Sistemática da Literatura foi conduzida para identificar, analisar e reunir de forma sistemática o conhecimento encontrado na literatura sobre os benefícios e as limitações das Metodologias Ágeis; (2) Estudos de Casos múltiplos em duas empresas de desenvolvimento de software vinculadas ao Porto Digital de Pernambuco foram conduzidos com base na coleta de dados através de entrevistas.
Resultados – Os resultados da pesquisa são divididos em três etapas: (1) na Revisão Sistemática da Literatura foram identificados 6.856 estudos, entre os quais, 125 estudos primários foram incluídos nesta pesquisa. Com base na análise e interpretação dos estudos, foram identificados diversos benefícios e limitações. Os estudos incluídos passaram por uma avaliação da qualidade, indicando que 92% deles possuem fortes evidências para apoiar as conclusões da pesquisa; (2) Os estudos de caso foram conduzidos a partir de 22 entrevistas realizadas com analistas, engenheiros de sistema, engenheiros de teste, gerentes, e líderes de equipe de três projetos nas empresas investigadas, onde foram identificados diversos benefícios e limitações; (3) Os resultados dos estudos da literatura foram comparados aos dos estudos de casos, onde foram identificados resultados similares e diferentes.
Conclusões – Com base nos resultados obtidos com a pesquisa foi possível identificar diversos benefícios e limitações, em sua maioria relacionados aos estudos que apresentaram o uso do Scrum e XP. Entre os principais benefícios estão a melhoria na comunicação das equipes, a facilidade de compartilhamento do conhecimento, e de acompanhamento e monitoramento dos projetos. A principal limitação para os estudos da literatura e que exige atenção foi a carência de estudos empíricos com as metodologias ágeis.
 
Palavras-chave: Metodologias Ágeis, Desenvolvimento de Software, Revisão Sistemática da Literatura, Estudos de Caso
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web