English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado - Nº 1.216: "Uma abordagem estatística para ajuste dinâmico de dificuldade em jogos competitivos com múltiplos jogadores"

O aluno João Gabriel Gadelha Xavier Monteiro irá defender seu trabalho no dia 31 de agosto, às 15h, na Sala D001 Início: 31/08/2012 às 15:00 Término: 31/08/2012 às 17:00 Local: Sala D001

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Nº 1.216
 
Aluno: João Gabriel Gadelha Xavier Monteiro
Orientador: Ricardo Martins de Abreu Silva
Co-orientador: Geber Lisboa Ramalho
Título: Uma abordagem estatística para ajuste dinâmico de dificuldade em jogos competitivos com múltiplos jogadores
Data: 31/08/2012
Hora/Local: 15:00h – Sala D001 – Bloco D – Térreo
Banca Examinadora:
Profa. Patricia Cabral de Azevedo Restelli Tedesco (UFPE / CIn)
Prof. Andre Menezes Marques das Neves (UFPE / Design)
Prof. Ricardo Martins de Abreu Silva (UFPE / CIn)
 
RESUMO:
 
Jogos são softwares que tem como principal função entreter os seus usuários. Dentre as características que tornam um jogo divertido encontra-se a jogabilidade, que é a experiência vivida pelo jogador ao interagir com o jogo. Um dos principais elementos da jogabilidade é o nível de dificuldade do desafio enfrentado pelo usuário, que é definido pelo balanceamento do jogo. Balancear significa propor desafios em um nível adequado, um processo geralmente custoso e complexo, cujo procedimento manual comumente não resulta em soluções de qualidade. Por essa razão, na literatura existem muitas propostas de técnicas que visam realizar o Ajuste Dinâmico de Dificuldade, também chamado de DDA ou Balanceamento Dinâmico que é a aplicação de uma ou mais técnicas de Inteligência Artificial para adaptar a dificuldade do jogo ao nível de habilidade do jogador. Todas essas técnicas existentes, no entanto, lidam apenas com ajuste de dificuldade focando em um único individuo. Ao aplicar uma dessas técnicas em jogos que promovem competições como os MMOGs, jogadores que têm desempenhos piores seriam beneficiados com desafios mais fáceis, enquanto jogadores com desempenhos melhores iriam ter mais dificuldades, pois seriam colocados diante de desafios mais difíceis. Isso fere o principio de justiça por se tratar de uma competição, uma vez que o nível de habilidade do jogador deixaria de ser o único critério determinante para a sua vitória. Neste trabalho é proposta uma abordagem estatística para a realização do DDA em jogos competitivos para múltiplos jogadores (multiplayer). O ajuste dinâmico de dificuldade aqui é feito para a população de jogadores como um todo, baseando-se nas métricas definidas pelos game designers. Um estudo de caso é implementado com a técnica proposta e os resultados das simulações com os dados das partidas já realizadas são exibidos e analisados.
 
Palavras-chave: Entretenimento Digital, Balanceamento Dinâmico, DDA, Ajuste Dinâmico de Dificuldade, Jogos competitivos multiplayer, Estatística aplicada
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web