English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 122: "DBST: Uma API para Criação de Trajetórias Semânticas no SGBD PostgreSQL/Postgis"

O aluno Rodrigo da Rocha Borges de Santana irá defender seu trabalho dia 19 de abril, às 10h, no Auditório Início: 19/04/2013 às 10:00 Término: 19/04/2013 às 12:00 Local: Auditório do CIn

Pós-Graduação em Ciência da Computação    CIn / UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 122
 
 
Aluno: Rodrigo da Rocha Borges de Santana
 
Orientador: Prof. Valéria Cesário Times
 
Título: DBST: Uma API para Criação de Trajetórias Semânticas no SGBD PostgreSQL/Postgis
 
Data: 19/04/2013
Hora/Local: 10:00h  /  Anfiteatro
 
Banca Examinadora:
Prof.: Fernando da Fonseca de Souza
Prof.: Marizete Silva Santos (UFRPE)
Prof.: Valéria Cesário Times
 
 
Resumo:
Atualmente, cada vez mais existem SGBDs que disponibilizam tipos de dados com características geométricas e temporais, para indicar a localização de um dado objeto móvel no espaço e no tempo, ou demarcar topologicamente uma dada região. Isso se deve ao aumento do uso de tecnologias de localização geográfica, tal como o Sistema de Posicionamento Global (GPS). Cada vez mais cresce o uso de GPS por aplicações de domínios distintos. No entanto, os dados coletados por dispositivos de localização acoplados a objetos móveis que se deslocam ao longo do espaço e do tempo, não apresentam informações semânticas, dificultando a análise e compreensão destes dados. Por isso, nós identifcamos a falta de SGBDs capazes de representar e manipular trajetórias semânticas.
 
Existem vários trabalhos na literatura voltados para modelagem de trajetórias semânticas e para análise de trajetórias brutas extraídas de GPS para extração de conhecimento. Uma vez geradas e modeladas, as trajetórias semânticas precisam ser armazenadas em um SGBD. Por isso, este trabalho tem como objetivo estender o SGBD PostgreSQL/Postgis com novos tipos de dados para representação de trajetória semântica. Para facilitar a utilização desses novos tipos de dados, é também proposta uma API denominada de DBST (Database of Semantic Trajectories). A validação destes novos tipos de dados e da API DBST foi feita pela geração de bases de dados de trajetórias semânticas para dois domínios de aplicação distintos e com base em dados reais de trajetórias de objetos móveis.
 
Palavras-Chaves: Trajetória bruta, trajetória semântica, dados espaço-temporais, objetos móveis, API. 
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web