English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado Nº 1.276: "Um framework para avaliação da experiência de uso de instrumentos musicais digitais"

O aluno Jerônimo Barbosa da Costa Junior irá defender seu trabalho dia 23 de maio, às 15h, no Auditório Início: 23/05/2013 às 15:00 Término: 23/05/2013 às 17:00 Local: Auditório do CIn

Pós-Graduação em Ciência da Computação – UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado  Nº 1.276
 
Aluno: Jerônimo Barbosa da Costa Junior
Orientador: Prof.  Geber Lisboa Ramalho
Co-orientador: Prof. Giordano Ribeiro Eulalio Cabral (DEINFO/UFRPE
Título: Um framework para avaliação da experiência de uso de instrumentos musicais digitais
Data: 23/05/2013
Hora/Local: 15:00h - Auditório
Banca Examinadora:
Prof. Geber Lisboa Ramalho  (UFPE / CIn)
Prof. Jônatas Manzolli  (UNICAMP / Departamento de Música, Instituto de Artes)
Prof. Andre Menezes Marques das Neves  (UFPE / Departamento de Design)
 
 
RESUMO:
 
Devido à popularização de novas interfaces de interação e novos processos de síntese sonora, muito tem sido estudado e desenvolvido no que diz respeito à construção de Instrumentos Musicais Digitais (DMIs) nos últimos anos – área conhecida como Luteria Digital. DMIs podem ser definidos como dispositivos que possuem uma unidade de interface de controle e uma unidade de geração sonora, ambos conectados através de uma estratégia de mapeamento digital. Ao contrário dos instrumentos acústicos, cuja produção do som depende das características do material e do arranjo físico de suas partes, o instrumento digital permite uma maior liberdade na sua construção, já que rompe com as tradicionais restrições físicas de causa e efeito. Esta liberdade acarretou no surgimento de uma grande diversidade de novos instrumentos que trouxeram junto com eles um novo desafio: como avaliar sistemas tão diferentes em um domínio tão subjetivo como a música? Esse é o contexto deste trabalho. Nele propomos um framework para avaliação de instrumentos musicais digitais focando na sua experiência de uso. Com isso, esperamos auxiliar o processo de design iterativo de novos DMIs, tendo em vista a opinião de seu stakeholder mais importante: o performer. Para tanto, melhoramos iterativamente o framework através de ciclos de experimentos (aplicados a DMIs oriundos de contextos diferentes), cada um provendo críticas e insights para ciclos posteriores. Ao final chegamos a um resultado que, apesar de ainda genérico, se aproxima bastante do que compreendemos como uma boa metodologia de avaliação de DMIs. Além disso, o processo cíclico empregado trouxe insights e questionamentos que nos ajudaram a compreender melhor a natureza da relação performer-DMI e sua importância para o desenvolvimento da Luteria Digital.
 
Palavras-chave: Computação musical, Instrumento Musical Digital, DMI, Luteria Digital, sistemas musicais interativos, frameworks conceituais, metodologias de avaliação, Design de Interação, User Experience, HCI. 
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web