English

CIn - Centro de Informática UFPE




Eventos Relacionados

Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 250: "Uma Abordagem Orientada a Modelos para Geração De aplicações baseadas em internet das coisas para Smartphones"

O aluno Willamys Gomes Fonsêca Araújo irá defender sua pesquisa no dia 28 de junho, às 9h, na Sala de Reunião E101 Início: 28/06/2017 às 09:00 Término: 28/06/2017 às 00:00 Local: Sala de Reunião E101

Pós-Graduação em Ciência da Computação    CIn / UFPE
Defesa de Dissertação de Mestrado Profissional Nº 250

Aluno :  Willamys Gomes Fonsêca Araújo
Orientador : Vinícius Cardoso Garcia
Título : Uma Abordagem Orientada a Modelos para Geração De aplicações baseadas em internet das coisas para Smartphones

Data : 28/06/2017
Horário: 09:00
Local: Sala de Reunião E101

Banca Examinadora:
1º Examinador: Robson do Nascimento Fidalgo  (CIn/UFPE)
2º Examinador: Leandro Marques do Nascimento (UFRPE)
3º Examinador: Vinícius Cardoso Garcia  (CIn-UFPE)

Resumo:

A internet das coisas (IoT) traz à tona a ideia de dispositivos de computação identificáveis, que são conectados à internet e incorporados a objetos do nosso dia-a-dia ou ligados a animais ou pessoas (ATZORI; IERA; MORABITO, 2010), ou seja, poderiam ser vistos também pela ótica de que pessoas possam vir a atuar como sensores.  Em consonância à IoT, a utilização de smartphones tem se tornado cada vez mais popular e acessível. De acordo com LEE; LEE(2015), a evolução das principais tecnologias IoT em relação a softwares e algoritmos com projeção para depois de 2020 são: softwares orientados para o usuário, o IoT invisível, easy-to-deploy de softwares IoT, colaboração things-to-humans, e IoT para todos. Nesse sentido, como forma de atender aos anseios supracitados, a abordagem da Arquitetura Orientada a Modelos, do inglês Model Driven Architecture (MDA), cujo diferencial está no fato do desenvolvimento ser baseado nas atividades de modelagem, trazendo flexibilidade e portabilidade para os softwares desenvolvidos, tem-se tornado uma alternativa (WARMER; KLEPPE, 2003). Esta permite o desenvolvimento mais rápido, reduzindo prazos, utilizando formas de padronização, facilidade de manutenção ao evitar redundância, aumento dos resultados alcançados, e acima de tudo, a redução dos custos financeiros relacionados ao desenvolvimento de software. Diante deste contexto, o presente trabalho apresenta uma abordagem orientada a modelos para o desenvolvimento de aplicativos na plataforma Android, dentro do domínio de pessoas como sensores, por meio da combinação de componentes de software reutilizáveis e os sensores presentes nos smartphones.

Palavras-chave: Generative programming, modelos, Model-Driven Development, Internet of Things, smartphones
  • © Centro de Informática UFPE - Todos os direitos reservados
    Tel +55 81 2126.8430 - Cidade Universitária - 50740-560 - Recife/PE
Plano4 Consultoria Web